Preguiça….

A preguiça imperou na semana passada e acabei deixando de lado a atualização do blog. Então vamos atualizar os acontecimentos, começando por fixar a dobradiça que esqueci na semana passada, tranquilo, só apertar uns parafusos e as estruturas dos retângulos estão prontas. Como as tampas são grandes e as dobradiças nem tanto, para evitar que a tampa fique “dançando” e forçando as dobradiças, coloquei 2 pinos para segurá-las. Legal foi a idéia do material a ser utilizado para fazer essas travas. Trabalhei com pino de tomada, retirei os pinos e retirei as partes internas, legal que o pino já tem … Continue lendo

Colocando as dobradiças

Entrando na fase dos acabamentos, essa semana foi a vez de colocar as dobradiças nos retângulos. Primeiro coloquei as tampas por cimas dos retângulos para ver qual tampa se encaixava melhor em casa um deles. Depois de marcar qual pertence a qual comecei fazer os entalhes para encaixar as dobradiças, tudo bem marcadinho, fiz os entalhes nos dois retângulos e depois nas tampas. Entalhar no compensado é bem diferente de fazer em uma madeira maciça, pois como tem folhas de madeira em todos os sentidos, acabamos sempre trabalhando no topo da madeira, que é bem mais duro. No dia seguinte … Continue lendo

Projeto novo – Retângulos

Dei uma parada na restauração dos quadrinhos para pegar firme em um novo projeto. Farei dois retângulos que depois serão revestidos com tecido. Como a madeira não ficará aparente, a parte de acabamento será mais light. Para fazer os retângulos irei utilizar duas chapas de compensado de Sumauma, pregos, cola e dobradiças. Primeira tarefa da semana foi cortar as chapas de compensado de acordo com o plano de corte, como os retângulos terão 75x75x35 cm tive que marcar a chapa para fazer o corte, pois pelo tamanho não dava para usar o gabarito da serra circular. Na quarta já deixei … Continue lendo

Vamos la contar o que aconteceu

Continuando com a restauração dos quadrinhos, trabalhei no fundo da moldura que farei para colocar os três quadrinhos juntos. Cortei o meio do compensando e com a grosa trabalhei na parte interna da moldura, depois passei uma lixa 60 com uma madeirinha para ajudar, e para finalizar utilizei uma lima para dar a sensação de profundidade. Feito isso, hora de passar massa plástica nas imperfeições da moldura. Semana que vem devo dar uma pausa na restauração para trabalhar em duas caixas… vamos ver como ficará.