Fundo colocado

Estou em dívida com o blog, preciso me dedicar um pouco a mais… vamos começar a agora então! Atualizações? Bar folheado, lixado, com seladora aplicada. Fundo da parte de cima já está fixado também. Já encomendei os vidros da porta de correr. Comecei a fazer os baguetes que servirão de trilhos para que os vidros possam correr. Optei por fazer a porta de correr da parte de cima apenas de vidro, sem fazer moldura, pois assim ganho mais visibilidade para o painel com os rótulos de cachaça. Para isso terei que fazer umas “baguetinhas” para que o vidro possa correr … Continue lendo

Terminando de folhear

Semana para terminar de folhear o Bar do Bikudo, e já comecei a finalização na segunda mesmo. Tinha uma data pendente para repor e aproveitei para folhear toda frente do móvel. Cola de contato para todo lado, primeiro na folha de freijó e depois na frente do móvel. Deu um certo trabalho pois tenho peças na vertical, na horizontal e na diagonal. Mas depois de esperar a cola ficar “no ponto”, bastou cortar os filetes já na espessura correta e começar a colar.  Primeiro os filetes maiores e verticais (2), seguindo a sequência foi a vez das horizontais (3), as … Continue lendo

Painel das Cachaças

O último feriado (01/05), foi o dia do trabalho manual em casa, o dia do artesanato. Enquanto a Carla estava pintando o Banquinho que reformamos, eu fui fazer a decoupage dos rótulos de cachaça para montar o painel que ficará no fundo do Bar do Bikudo. Primeira dúvida, como fazer a decoupage. Uma busca básica na internet, outra olhada nos “meus favoritos” e voilá, encontrei no Além da Rua Atelier um post bem legal explicando a técnica. Agora mãos a obra. Distribui os rótulos em cima do fundo que já havia cortado na marcenaria, tinha que definir a disposição dos … Continue lendo

Trabalhando no paralelo

Essa semana foi meio corrida e não consegui fazer tudo que queria no “Bar do Bikudo”, pois estou naquela fazer de folhear, lixar, seladora…. Isso de um lado, espera secar, vai para o outro, espera secar. Ai aproveitei para trabalhar no paralelo!! Tínhamos um banquinho surrado em casa, todo estragado que resolvemos restaurar. Primeiro passo foi levar o banquinho para Itaquá no final de semana e mandar bala na lixadeira. O banquinho tinha uma formica meio amarela/beje no tampo, tentei removê-la sem muito sucesso, como o tampo era de compensado, ele acabou soltando as pranchas e teria que passar massa … Continue lendo