Formão e Macete

Esta semana fiquei apenas com as duas ferramentas, mas hoje terminei a parte de entalhe do trocador. Faltava finalizar o entalhe da última gravatinha e foi a primeira tarefa do dia. Terminado o entalhe, hora de ver se as peças de embuia encaixam no trocador. Momento dos detalhes, eu fiz o entalhes um pouco menores para depois ir aumentando para ficar bem encaixado. Quarta será a hora de colar as peças e deixar secando. Não vou usar cola branca e sim Araldite 10, pra ficar mais forte! Continue lendo

Roupa de gala?

Não, as gravatinhas são para travar as duas peças que formam o trocador! Hoje comecei cortando as peças de imbuia para fazer as gravatinhas, para isso usei a serra de fita e depois lixa 60 para tirar as rebarbas. Depois hora de posicionar as gravatinhas no trocador para ter uma idéia de irá ficar. Escolhidas as posições, é a vez de marcar com lápis as posições para iniciar o entalhe. Consegui entalhar o lugar para incrustar duas gravatinhas, e já deixei metade a última bem encaminhada. Continue lendo

Atualizando

Opa, deixei blog meio de lado na páscoa, mas estou de volta hj! Na última quinta continuei o trabalho do trocador. Cortei nas medidas corretas (80x60cm) e já fixei as ferragens. Na verdade tive passar um pouco mais de cola no trocador, pois achei que não ficou tão firme como deveria ter ficado. Coloquei cola no vão que estava aparecendo e depois fixei as peças do trocador com dois sargentos e dois grampos. Depois de fixado fui para a colocação das ferragens, usando parafusos para isso, ainda falta comprar mais 4 parafusos, pois os que vieram com a ferragem eram … Continue lendo

Muito suor e muito mais lixa

Depois de deixar o trocador colando na semana passada, ontem foi dia de ver como ficou a montagem, a grande dúvida era se iria empenar ou não! Não empenou, e ficou legal a montagem, mas o desengrosso não ficou muito liso, por isso ontem fiquei só na lixadeira, até tirar as imperfeições que ficaram na madeira. Achei que o desenho do freijó está mais bonito do que o desenho que tinha na cabeceira do berço. Continue lendo

Revestindo

Ontem fiz o revestimento da lateral do estrado com as folhas de freijó, e para essa tarefa usei cola de contato. O cheio é forte mesmo, mas como era pouca a quantidade utilizada, deu para trabalhar tranquilo. Mas fico imaginando revestir aqueles armários com 6 portas… ehehehe Primeiro passei a cola na folha de freijó, não precisa aplica muita quantidade, o negócio é apenas espalhar um pouco. Depois foi a vez de passar uma lixa nas laterais, apenas para retirar algumas rebarbas, prendi o estrado na bancada e apliquei a cola nas duas laterais. Agora vem o processo de espera, … Continue lendo

Trabalhando no estrado

Quarta foi dia de trabalhar no estrado que havia cortado na semana passada. Como de praxe: Lixas 60, 180 e 220. Depois são três demãos de seladora, lixa novamente com a 220 e depois mais 3 demãos de seladora. Não deu tempo de fazer tudo isso em duas horas né! Mas lixar e passar as primeiras demãos de seladora foram. Não precisei me atentar muito as laterais do estrado, pois elas serão revestidas com folhas de freijó, afinal as laterais do estrado ficaram a vista enquanto o estrado não estiver na última altura dos apoios, só lembrando que são três … Continue lendo

Hora dos detalhes

Ontem comecei a arrumar os detalhes para finalizar o berço. Primeiro que está faltando: Estrado. Cortei o pensado que servirá de estrado do berço, ele ficou com 140cm por 61cm. Só está cortado, agora preciso lixá-lo e passar seladora, apenas na parte superior e inferior, as partes laterais do estrado que ficarão exposta irei revestir com folhas de freijó para acompanhar a madeira do berço. Depois de cortar o estrado, hora de desmontar o berço e guardar as grades e uma das cabeceiras, embrulhadas nos cobertores para não ter problemas com batidas e amassados. Bem, sobrou uma cabeceira. Na parte … Continue lendo

Depois os furos

Na quinta foi a vez de fazer as furações nas cabeceiras do berço e nos apoios do estrado. Primeiro foi a “saga do parafuso”. Fui almoçar na região da Paes Lemes para comprar os parafusos para aglomerado que irei utilizar para colocar os apoios do estrado. Passei na primeira loja, expliquei o que eu queria falaram que não tinham e me indicaram uma segunda loja. Passei na segunda loja e foi a mesma coisa, com a indicação de uma terceira e adivinhem….  nada!! Pois bem, na quarta peguei um parafuso com o Piero para mostrar o que eu precisava, cheguei … Continue lendo

Primeiro acertar os cortes

Quarta foi dia de cortar grades e cabeceiras. As grades tinham as sobras nas peças horizontais da moldura, depois de retirar essas pontas terei que lixar e passar seladora para ficar com um acabamento legal. Depois foi a vez de cortar as cabeceiras, e isso foi um pouco mais complicado devido ao tamanho delas. Tive que traçar uma linha de fora a fora com base no centro das cabeceiras para que as peças que ficam na vertical ficassem do mesmo tamanho, não deu para usar a guia da serra pois poderia dar diferença. Cortado um lado com base na linha … Continue lendo