Para os Doces da Anita

Agora um projeto de última hora que fiz para minha irmã e seus doces. Queria montar um suporte para colocar bolo, doces e o que mais a Aninha quisesse inventar, então procurei alguns modelos na internet  para comprar. Encontrei apenas de cerâmica ou de plástico, e alguns com várias alturas. Para colocar um bolo grande não caberia, então mãos a obra para fazer um de madeira. Arrumei uns pedaços de peroba e montei um sanduíche para colocar no torno. Feito uns cálculos preliminares decidi qual a altura e o diâmetro do pé do suporte. Acertado o cilindro foi a vez … Continue lendo

Olha quem está de volta

Não é mentira, eu voltei aqui para o blog! Estou em um projeto top secret para o final do ano, mas fazendo outras coisas quando sobra um tempo. O porta temperos está andando, a passos bem lentos mas andando. Na verdade na semana retrasada dei um “stop” em tudo por um motivo especial: ANIVERSÁRIO DA MAMÃE! Mãos a obra para fazer um anel de presente, afinal ela adorou o primeiro anel que fiz para dar para Carla. Também usei Cabreúva para fazer o Anel da Verinha, para falar a verdade foi a continuação do mesmo pedaço do outro anel. Tinha … Continue lendo

Anel de Cabreúva

Depois que finalizei o “Bar do Bikudo” resolvi relaxar um pouco antes de entrar no próximo projeto. Tomando como inspiração o Eduardo Miguel Pardo, resolvi fazer  um anel. Queria fazer algo rápido, só para entender como funcionava. Perguntei ao Piero a complexidade para por a ideia em prática. “Depende do que você quer inventar”.  Fui pelo básico e ganhei o meu primeiro projeto no torno. Arrumei um pedaço de Cabreúva e… mãos a obra. Adorei trabalhar no torno e já vieram várias ideias, entre anéis, potes, copos, esferas, garrafas, só viajando….. Mas olha ai o resultado do “momento relax”.