Onde estamos???

Esta difícil atualizar o blog e acabo me perdendo na linha do tempo de como anda o “Bar do Bikudo”. No capitulo passado…. heheheh Tinha terminado os entalhes para embutir os “Chapéus de Napoleão”, pois é, de lá para cá já passei seladora nas molduras e cortei as almofadas das portas, e também passei seladora nas almofadas. Bem, as últimas atualizações são com relação aos trilhos das portas. Já cortei os trilhos nos devidos tamanhos e fiz os furos para fixá-los no móvel, fixei apenas um trilho da parte de baixo e comecei a fixar o primeiro de cima, mas … Continue lendo

Trabalhando nas portas

Semana passada o trabalho foi pesado, isso porque foquei apenas nas portas. Primeiro trabalho foi pinar as molduras para não ter perigo delas desmontarem. Portas “pínadas”, foi a vez de tirar os cantos das peças verticais que atrapalhariam a porta deslizar nos trilhos. Como os trilhos foram feitos nas peças horizontais, no momento que colei a peças verticais invadiram os trilhos, mas nada que serrote, formão, macete e lima não resolvessem. Continuando, agora a parte que deu mais trabalho, entalhar o buraco onde vão encaixados os “chapéus de Napoleão”. Lembrando que ele tem três alturas as serem embutidas na porta. … Continue lendo

Começando a montar

Depois de fazer os dentes na peça que será o pé do móvel do banheiro e na peça que será a prateleira, chegou a vez de fazer os entalhes na prateleira superior para encaixar o pé. Primeiro marquei onde serão os encaixes, e depois de marcado fiz um furo usando a furadeira de mesa em cada um dos três retângulos. Usei o furo para colocar a serra tico-tico e fazer o recorte dos retângulos. Não fiz o corte muito rente, pois o recorte fino estou fazendo com o formão, sempre tomando como base a parte de cima do tampo, que … Continue lendo

Saindo do papel

O móvel do banheiro começou a sair do papel essa semana. Como de praxe, cortei as peças mais ou menos no tamanho final e as passei no desengrosso. A peças ficaram com 3,6cm e manterei a mesma espessura para as três peças. Peças já na espessura correta, hora de ver o desenho da madeira e escolher em qual posição irá cada uma. Definida as posições, cortei as peças no tamanho correto e marquei o lado que será chumbado na parede, qual lado ficará para baixo e assim por diante. Como o andamento dessa parte mais pesada foi bom, deu tempo … Continue lendo

Pés prontos!

Semana passada terminei de fazer os entalhes dos rabos de andorinha, até que deu menos trabalho do que eu estava imaginando, o problema ficou mais com as lascas de madeira que soltaram por se tratar de uma “madeira de demolição”. Feitos os entalhes, hora de ver como vai ficar o banco. Encaixei todas os rabos de andorinha da parte de baixo do banco e as espigas da parte de cima. Vou falar pra você, modéstia a parte… ficou “show de bola”. Bem, para essa semana falta lixar os pés, pois as peças horizontais já lixei na semana passada, e já … Continue lendo

Rabo de Andorinha

Esse é o nome dado ao entalhe que irei fazer para encaixar as peças da parte inferior da Banqueta do Poste. Deixei as peças preparadas na semana passada, fazendo o rabo de andorinha na serra de fita e depois desgastando a parte de baixo para fazer uma “espiga”. Ontem comecei a fazer os entalhes nos pés da banqueta, como quero manter a casca da cruzeta, tenho que ir devagar com o formão para não tirar mais do que se deve. Consegui fazer dois pés e comecei o terceiro, lembrando que cada pé terá dois entalhes para encaixar os rabos de … Continue lendo

Devedor

Fiquei devendo o post da semana, e com algum atraso aqui está! Semana passada acertei os furos para encaixar as espigas, mas tive alguns problemas com a madeira, pois um dos pedaços onde irei encaixar as espigas estava podre, com isso acabou saindo mais madeira do que devia, o restante está bem encaixado. Minha esperança é que seja possível fazer um enxerto para manter o mesmo desenho da peça que compõe o pé, isso que dará o charme para a banqueta. Bem, amanhã ficarei sabendo se será possível ou não. Continue lendo

Colocando as dobradiças

Entrando na fase dos acabamentos, essa semana foi a vez de colocar as dobradiças nos retângulos. Primeiro coloquei as tampas por cimas dos retângulos para ver qual tampa se encaixava melhor em casa um deles. Depois de marcar qual pertence a qual comecei fazer os entalhes para encaixar as dobradiças, tudo bem marcadinho, fiz os entalhes nos dois retângulos e depois nas tampas. Entalhar no compensado é bem diferente de fazer em uma madeira maciça, pois como tem folhas de madeira em todos os sentidos, acabamos sempre trabalhando no topo da madeira, que é bem mais duro. No dia seguinte … Continue lendo

Primeiras demãos

Nessa semana passei as primeiras demãos de seladora na caixa do trocador, é um pouco mais difícil espalhar na parte onde está o entalhe do carrinho. Próximo passo será retirar o excesso de seladora que ficou, principalmente na parte da janela do carrinho, lixa 220 me espera na semana que vem. Aproveitei para montar as três molduras que havia cortado algumas semanas atrás, deixei colando e vamos ver se na semana que vem consigo um tempo para trabalhar nelas. Continue lendo

Peças coladas

Segunda aproveitei a aula livre para colar a peças do carrinho. Para a maçaneta, farol, parachoque e calotas usei araldite, que cola mais rápido e fica mais firme, mesmo porque não daria para colocar sargentos para segurar as peças. Depois das peças coladas, foi a vez de fixar as laterais da caixa. A parte da frente foi na base do encaixe com cola branca, já a fixação no fundo onde está o entalhe do carrinho fixei com parafusos e cola branca. Continue lendo