Hora do polimento

Tampo já polido

Agora chegou o momento que dá mais trabalho braçal, e o qual temos que ter mais paciência – POLIMENTO. E antes de chegar ao polimento começamos pela lixa, no meu caso iniciando pela 60 para tirar a parte mais grosseiras da resina. Continue lendo

Trabalhando com resina epóxi

O grande desafio desse projeto é trabalhar com a resina epóxi. Escolhi a resina 2004 com endurecedor 3154 de acordo com as indicações da Redelease. É uma resina de baixa viscosidade, então ela preenche mais facilmente os vãos entres as tampinhas. Continue lendo

10 anos e a caixa de jabuticabeira

Ano passado completei 10 anos do lado da Namorada. Rolou festança, comes e bebes, música, dança… comemoração com amigos queridos. Fizemos também a troca de alianças, e já que a cerimônia seria entre as jabuticabeiras, nada melhor que as alianças chegassem em uma caixinha feita de uma galho da árvore. Aproveitei uma árvore que já estava seca para retirar o pedaço que imaginei ideal para fazer a caixa. Serrotinho para cortar o pedaço e depois para fazer a tampa. Peguei um galhinho menor para servir de pivot para abertura da caixa. Resolvi usar a furadeira para escavar o buraco da… Continue lendo

Caixa de brinquedos finalizada

Essa caixa deu trabalho, o projeto que no papel parecia que seria muito simples de executar, apresentou um novo probleminha a cada etapa. O principal foram os cantos da caixa depois que coloquei a fórmica, pois ficaram perigosos, cantinhos afiados. E o processo de fazer as baguetinhas, pois não encontrei prontas. Mas como disse anteriormente, essas baguetes que fizeram toda a diferença no desenho da caixa. Mas vamos as atualizações, pois faz tempo que não posto aqui no blog. Na sequência… Temos a mesa que serve de tampa da caixa. Primeiro cortei as pernas no comprimento correto, e depois tive… Continue lendo

Cantoneiras da caixa de brinquedos colocadas

Semana de focar na finalização do acabamento das cantoneiras de freijó, usando o padrão de seladora diluída, três demãos, “quebrar” com lixa 220 e mais três demãos pra finalizar o processo. Tinha feito as cantoneiras mais compridas para cortar depois, facilitando processo da seladora, assim pude segurar nos cantos, sem me preocupar com o acabamento nessa áreas. Com as cantoneiras prontas, parti para cortá-las do tamanho correto da altura da caixa, deixando uns milímetros para tirar na lixa, deixando com um acabamento bem legal, a fio.   Estava na dúvida do “como colar” o freijó na fórmica devido a superfície… Continue lendo

Caixa tomando forma

Sempre é bom ver a peça tomando forma, e a caixa já está pronta, com fórmica de todos os lados. Deu um certo trabalho folheá-la, principalmente por conta dos cantos onde entrarão os pés da mesa. A partes maiores eu colei e depois acertei as arestas com uma lima,porém quando chegaram as partes que tem sobreposição o processo ficou um pouco mais difícil, pois não daria para usar lima, iria arranhar a outra folha de fórmica. A solução foi trabalhar com a plaina, mas com muito cuidado para não “comer” a face já folheada. Na verdade depois que comecei a… Continue lendo

Caixa, mesa e baú! Tudo para brinquedos

O projeto atual é mais uma peça para minha cliente favorita! Angelina ganhará uma caixa de brinquedos que é mesa e baú ao mesmo tempo. Contando um pouco da história, já substituímos as caixas de brinquedo que tínhamos em casa, aquelas molinhas de lona, por um baú e uma estante. Ficou muito legal porque a maioria dos brinquedos agora estão visíveis, e ela acaba brincando com “quase” todos. Sabe aquele momento que você tira todos os brinquedos da caixa e começa a separa aqueles que a criança não brinca mais e… ela começa a brincar? Justamente por não ver o… Continue lendo

Alumiando

Luminária em cedro-rosa

Meu último projeto teve inspiração em várias referências encontradas na internet, e ao vivo também, passeando por algumas feiras. Ultimamente minha cliente tem sido minha filha Angelina, e esse é mais um projeto para ela, mamãe e o papai também, com uma certa segunda intenção. A pequena gosta de brigar com o sono, quer sempre aproveitar um pouco mais o tempo ao nosso lado. Então começa o processo de contar historinhas que se dá início na sala e termina no quarto, porém “Com a luz acesa papai/mamãe”. Como não tínhamos uma luminária no quarto, a luz do quarto que fica… Continue lendo